Notícias

Congresso debate a cultura do empreendedorismo dentro da universidade

17/10/2018 | Ascom/IMD | EVENTO | EMPREENDEDORISMO



Com o tema “Cenários Futuros e as Oportunidades para Empreender”, foi realizada ontem (16) à noite a mesa redonda que marcou a abertura do “Congresso de Empreendedorismo Universitário: um olhar para o futuro”.

O evento aconteceu no auditório da Reitoria da UFRN e teve como membros da mesa redonda o autor da metodologia “Meu Planejamento Futuro” (MEF), Jaime Araújo, o gerente de comunicação e marketing do Sebrae/RN, Edwin Aldrin, e o diretor presidente da Farmafórmula, Júlio Maia. A mediação ficou por conta do diretor da Sebrae Inovar, Marcelo Bandeira.

O congresso é realizado pela UFRN, por meio da Proex, em parceria com o Instituto Metrópole Digital (IMD), Instituto Federal do Rio Grande (IFRN), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).

Segundo o pró-reitor adjunto da Proex, o evento é uma oportunidade de estímulo à cultura do empreendedorismo de forma mais ampla dentro da Universidade. “Acreditamos que hoje todo mundo precisa empreender, não só o estudante de Administração, mas também o da Arquitetura, da Medicina, entre outros. Então o empreendedorismo faz parte do processo de formação profissional de todos os nossos alunos, por isso a importância desse evento”, destaca.

O congresso tem continuidade, nesta quarta e quinta-feira, com uma série de palestras e outros eventos que abordam temas ligados ao fomento da cultura do empreendedorismo, tais como: “Internet das coisas, tecnologia e empreendimentos”; “Aceleração de ideias e incubação de negócios - experiências das incubadoras”; e “Metodologias e ferramentas de suporte ao empreendedorismo”.

As palestras acontecem na sede do IMD nos turnos da manhã e tarde.
Na quinta-feira (18) será realizada, no auditório do IMD, o “Workshop e Premiação da Maratona 100 Projetos em 100 Dias”.

Estiveram presentes à abertura do evento a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, o pró-reitor adjunto de extensão da UFRN, Breno Cabral, o pró-reitor de pesquisa do IFRN, representantes do Conselho Regional de Enfermagem e representantes do Centro Universitário do Rio Grande do Norte (Uni-RN), além da comunidade acadêmica e interessados no tema.