Notícias

Parque Tecnológico participa da abertura de programa de apoio a pequenas indústrias

09/07/2019 | Ascom/IMD | EVENTO | EMPREENDEDORISMO


Empresas credenciadas ao Parque Tecnológico Metrópole Digital participaram, na tarde desta segunda-feira (08), do evento de abertura do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (PROCOMPI), executado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL/RN).

A reunião teve como principal intuito dar início às atividades do programa, que visa o desenvolvimento e fortalecimento de empresas de diferentes áreas, incluindo a de Tecnologia da Informação (TI), como forma de promover interação e competitividade para diferentes nichos de mercado.

Para isso, o PROCOMPI oferece uma série de capacitações, cursos e encontros, além de formar um grupo de 12 empresas que aquecem o mercado de TI. Dentre elas, encontram-se Evolux, TecSoft e Activesoft, além da Void 3D e ECOMP, empresas vinculadas ao Parque ou à incubadora Inova Metrópole.

Reunião

Para dar início ao encontro, a superintendente regional do IEL, Maria Angélica Teixeira, falou sobre a importância dessa iniciativa para o mercado local.

“Com o PROCOMPI, temos contato com vários empreendedores. E em todos os segmentos percebemos a necessidade de automação de processos, softwares, entre outros, e isso demonstra a importância de vocês, empresas de tecnologia, para o suprimento dessa demanda”, ressaltou Teixeira.

O programa, que acontece em todo o país e que reúne empresas de diferentes nichos de mercado, foi criado com o principal intuito de fomentar competitividade e cooperativismo institucional.

“Nós já atendemos empresas das áreas de água mineral, bebidas, sorvetes, entre outros. Tudo isso para criarmos uma ambiente favorável à economia e que auxilie os micro negócios do Estado”, conta Maria Angélica Teixeira. As atividades oferecidas às empresas de TI acontecerão até janeiro do próximo ano.

MOSE Competence

Em seguida, os participantes assistiram uma palestra sobre o MOSE® Competence (Modelo Orientador para o Sucesso de Empreendimentos), certificação que permite às empresas de tecnologia atestarem sua total adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) de 2018.

“Com a nova lei, todas as empresas do Brasil devem cumprir um rigoroso controle de uso de dados dos seus clientes, estando elas sujeitas a multas milionárias. Assim, quem receber a declaração MOSE certificará que segue todos os critérios apontados pela LGPD, diminuindo os riscos”, explica Guilherme Berbet, CEO da MOSE Competence.

A ferramenta oferece certificação em cinco quesitos diferentes – talento humano, gestão e qualidade, cliente e mercado, inovação e sociedade e sustentabilidade. Para isso, a instituição promove uma série palestras, diagnósticos, consultorias, entre outros serviços.

 

Maior startup de logística e e-commerce do Brasil realiza evento no IMD

04/07/2019 | Ascom/IMD | EVENTO | PARQUE TECNOLÓGICO


A empresa Loggi, maior startup de logística e e-commerce do Brasil, vai fazer no dia 1º de agosto, na sede do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), uma palestra sobre o impacto de suas ações para o varejo online no Brasil, com enfoque em tecnologia.

O evento – cujas inscrições são gratuitas e já estão abertas, por meio deste site – é voltado para profissionais empreendedores de e-commerce e estudantes de Tecnologia da Informação (TI), acontecendo no auditório B205 do IMD. A palestra terá início às 14h. 

Oportunidades de trabalho

O momento também não deixará de ser uma oportunidade para os alunos dos últimos períodos e recém-formados em cursos de graduação e pós-graduação que estejam procurando colocação no mercado para trabalhar com desenvolvimento de software. No próprio endereço eletrônico para fazer a inscrição no evento, é possível conhecer as vagas de trabalho disponíveis para contratação e envio de currículo.

Para pós-graduando, a Loggi atualmente conta com um número expressivo de desenvolvedores que são mestres e doutores, existindo oportunidades de trabalho para pesquisa aplicada e um programa de seleção diferenciado para alunos com um elevado background acadêmico.

Convidados

Para participarem das discussões, foram convidados os representantes da Loggi André Paim (Head of Reserch), Guilherme Ribeiro (Employer Branding Coordinator) e os engenheiros de software Akio Nakamura e Rodrigo Soares.

Na ocasião, os profissionais falarão sobre a empresa tem atuado na área do comércio online, pontuando os desafios tecnológicos já enfrentados e mostrando todo o caminho trilhado pela equipe para fazer da Loggi uma empresa bilionária.

Empresa Unicórnio

Para as startups orçadas em 1 bilhão de dólares ou mais, é dado o título de “Unicórnio”, termo lúdico nascido no Vale do Silício. No mês passado, a Loggi, criada em 2014 em São Paulo, alcançou essa marca.

Com investimentos recebidos por corporações como SoftBank, Microsoft e GGV, a empresa tornou-se a oitava startup brasileira a receber esse título, junto com iFood, Nubank, 99, entre outras.

Presente em 36 municípios brasileiros, a Loggi trabalha diretamente com logística de comércio online. São 100 mil entregas de mercadorias feitas diariamente pela startup e a meta para os próximos cinco anos é aumentar o número para 5 milhões por dia. Hoje, a empresa atende grandes marcas, como Mercado Livre e Dafiti.

Inova Metrópole realiza festa de São João para empreendedores

01/07/2019 | Ascom/IMD | EVENTO | INOVA


Músicas regionais, comidas típicas e dança de quadrilha junina deram um novo rosto à manhã de trabalho da incubadora Inova Metrópole na sexta-feira passada (28), quando celebrou o “São João da Inova”. O evento aconteceu no Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), sede da incubadora, e contou com a participação das empresas inseridas nos programas de incubação e pré-incubação. 

Realizado anualmente, o “São João da Inova” é um evento organizado pelos membros da incubadora de empresas e também contou com a participação da equipe do Parque Tecnológico Metrópole Digital. 

Para a gerente executiva da Inova Metrópole, a professora Iris Pimenta, o evento marca o fim de mais um semestre de trabalhos e atividades da incubadora, que atualmente colabora com o desenvolvimento de 26 empresas, entre incubadas e pré-incubadas. Além disso, ela destaca a importância de momentos que promovam a integração entre as startups

“Aqui na Inova Metrópole buscamos sempre fazer eventos que promovam a interação entre os nossos empreendedores. Acreditamos que momentos com estes são oportunidades para, além de descontrair, promover um networking e maior sinergia entre as empresas. Trabalhamos muito, a correria nas empresas é grande, mas essas ocasiões são essenciais para energizar e integrar ainda mais”, destaca a gerente.

Inova Metrópole firma parceria para integrar programa SebraeLab x Darwin Startups

27/06/2019 | Ascom/IMD | INOVA | EMPREENDEDORISMO


A Inova Metrópole, incubadora de empresas do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), acaba de firmar parceria para participar da primeira edição do Programa de Pré-aceleração “SebraeLab x Darwin Startups”, ação promovida pelo Sebrae e que tem por objetivo oferecer capacitação de alto impacto às startups em estágio de operação avançada.

O programa será realizado no SebraeLab, espaço localizado na sede do Sebrae, em Lagoa Nova. Participam da aceleração dez startups potiguares, que receberão, durante os quatro sábados do mês de julho, capacitação empreendedora por meio de uma série de mentorias, com o intuito de preparar essas empresas para serem aceleradas ou receberem investimentos.

Das dez empresas selecionadas, seis estão inseridas nos programas de incubação e de pré-incubação da Inova Metrópole, que classificou as startups a partir de seu nível (pré-incubada, incubada ou graduada) e engajamento nos eventos do ecossistema empreendedor. As empresas são Paytour, Surfmappers, E-Sig, Futebol Interativo, Velit e DrinkApp.

Além da Inova Metrópole, o programa “SebraeLab x Darwin Startups” também conta com a parceria das incubadoras Inpacta (UFRN) e Empreende (UNP), ITNC/IFRN e da Federação das Empresas Juniores do Estado do Rio Grande do Norte (RN Júnior).

Aceleração

Dividido em quatro encontros, “Diagnóstico 360”, “Customer Dev & Market Sizing”, “Building Great Product & People Development”, e “Fundraising e Pitch”, o programa de aceleração será conduzido por mentores que integram a equipe da Darwin Startups, aceleradora de empresas que foi eleita, em 2018, como a melhor do país.

De acordo com o gestor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Sebare/RN, Carlos Von Sohsten, a proposta do Programa é oferecer capacitação de alto impacto, transformando a startup em um período de tempo mais curto, diferente das acelerações convencionais que duram, em média, seis meses.

“A intenção do Programa é focar nos resultados e aumento de performance de indicadores empresariais. Procuramos desenvolver um novo mindset empreendedor no participante, alinhado ao atual momento empresarial enfrentado pelas empresas diante do impacto da aceleração da transformação e inclusão digital”, aponta o gestor.

 

 

Plataforma para comércio de fotos de crossfit lança novo design em seu marketplace

26/06/2019 | Ascom/IMD | INOVA | EMPREENDEDORISMO


 

Para garantir mais visibilidade ao mundo do crossfit e inovar a forma de comprar e  vender imagens do ramo de esportes, a CrossMappers, empresa vinculada à incubadora Inova Metrópole, do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), lançou, nesta semana, um novo design para sua plataforma de venda.

O novo layout do site, que permite que fotógrafos de crossfit comercializem seus trabalhos de maneira online, garante ao usuário mais facilidade de navegação, otimizando o processo de busca, divulgação e comércio de imagens.

“A nova identidade visual foi desenvolvida para transmitir sua essência e agilidade, acompanhando seus atletas e fotógrafos. Já o novo design é mais limpo e moderno, propiciando uma melhor usabilidade e experiência do usuário na navegação”, explica Ana Helena Peres, designer da empresa.

Toda a reestruturação do site tem como principal intuito o de facilitar o acesso e fazer com que mais pessoas possam usufruir da plataforma, que, além de praticidade, promove valorização do trabalho de fotógrafos potiguares.

“Antes os fotógrafos comercializavam suas fotos de modo manual, por Whatsapp, Facebook ou falando com os clientes, um por um. Com a CrossMappers, tornou-se muito mais fácil para os fotógrafos venderem seus trabalhos, já que está tudo em um só lugar”, aponta Victor Hugo de Carvalho, CEO da empresa.

CrossMappers

A CrossMappers foi pensada justamente para inovar e oferecer aos produtores de imagens um espaço prático, dinâmico e cômodo para comércio e divulgação de seus trabalhos.

Funcionando como um marketplace, o site oferece ao usuário cadastrado a opção de comprar ou vender fotos de esportes, atletas, eventos e tudo o mais ligado ao mundo do crossfit.

“Quando acontecem eventos em academias, por exemplo, são vários os atletas que participam e, muitas vezes, fica difícil para eles acessarem as fotos desses momentos. A plataforma surge como uma solução para isso”, aponta o CEO.

Mercado promissor

Vinculada à Inova Metrópole desde 2016, a empresa já conta com 15 mil usuários cadastrados na plataforma CrossMappers. Além disso, em um ano de funcionamento, já foram vendidas mais de 10 mil fotos.

Segundo os seus desenvolvedores, o site surgiu a partir de uma demanda de seus próprios clientes, que, com o surgimento da SurfMappers – que oferece um serviço semelhante na área de surfe – sinalizaram interesse em um produto semelhante para o ramo do crossfit.

 

 

Incubadas da Inova Metrópole participam de terceira fase da Inovativa Brasil

19/06/2019 | Ascom/IMD | INOVA | EMPREENDEDORISMO


 

As startups Futebol Interativo e Paytour, empresas inseridas no programa de incubação da Inova Metrópole, estão participando desde abril do primeiro Ciclo de Aceleração da InovAtiva Brasil, maior programa de aceleração de negócios do país. Este mês, equipes das duas empresas viajaram à Fortaleza (CE) para executarem a terceira etapa da aceleração, que consiste no treinamento de Pitch, nome dado a uma metodologia de apresentação estratégica de um negócio.

O programa de Aceleração da InovAtiva atua por meio de dois ciclos anuais (primeiro e segundo semestres do ano) e funciona, cada ciclo, por meio de quatro etapas que, integradas, objetivam oferecer serviços de mentoria às startups, através de capacitações em empreendedorismo com especialistas de todo o Brasil. Além disso, a Aceleração possibilita o contato com uma rede de investidores, empreendedores e executivos que auxiliam as empresas com informações, conselhos e contatos.

Marcus Borges, CEO da Paytour, startup de reservas online voltada para o turismo receptivo, explica que sua empresa vem recebendo acompanhamento individual com um mentor que possui expertise na área do turismo e que esta terceira etapa, realizada na sede do Sebrae em Fortaleza, auxiliou bastante na elaboração do pitch da empresa. A última fase da Aceleração acontece no dia 22 de julho, em São Paulo (SP).

“Essa etapa em Fortaleza serviu para aprimorarmos ainda mais da nossa apresentação. Tivemos um acompanhamento com Edson Mackenzie, que é considerado o melhor mentor do Brasil, e a oficina realizada por ele nos deu uma outra visão, muito rica, de como estruturar nosso pitch, que, para ser melhorado, recebeu muitas modificações”, avalia o empreendedor.

Quem também relata sua experiência na Aceleração é o diretor executivo da Futebol Interativo, George Klinger, que avalia a participação da empresa como uma oportunidade para acessar conteúdos fundamentais para formação de uma startup, além de ser um momento oportuno para uma autoavaliação da estrutura de seu negócio.  

“A principal contribuição da InovAtiva foi nos proporcionar a possibilidade de repensar o nosso modelo de negócio e, por consequência, imaginar como que a gente pode desenvolver um plano de negócio cada vez mais robusto, e que considere as possibilidades para além das que a gente executa hoje. Então, o programa vem nos fazendo refletir sobre como que a gente está estruturando nossa empresa e, de maneira mais específica, sobre qual modelo de negócio precisamos adotar”, considera o diretor.

InovAtiva

A InovAtiva é programa de aceleração de empresas que atua em nível nacional, oferecendo capacitação presencial e online, bem como mentoria individual, possibilitando conexões com potenciais investidores. Dentro do seu Ciclo de Aceleração, as empresas participam de quatro fases: mentorias coletivas, que são semanais e presenciais, voltadas a todas empresas inseridas no Programa; mentorias individuais, voltadas a atender as necessidades específicas da empresa acompanhada; treinamento de pitch; e, por último, o Demoday InovAtiva, evento de encerramento do Ciclo no qual todas as empresas que participaram das três etapas anteriores apresentam seus negócios a uma banca de investidores.

 

Inova Metrópole promove oficina sobre e-mail marketing para startups

18/06/2019 | Felipe Araújo | EVENTO | INOVA


Com o intuito de formar empreendedores de TI em temas relacionados a comunicação digital, a incubadora de empresas Inova Metrópole, do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), realizou, na tarde de hoje (18), uma oficina sobre o uso de e-mail marketing no contexto mercadológico.

Ministrada pela assessora de marketing Larissa Fernandes, a apresentação, que aconteceu na sala B436, expôs uma série de sugestões práticas para se comunicar com clientes de maneira estratégica e eficiente.

“Muitos empreendedores usam e-mails de um modo agressivo, explicitamente para vender seus produtos ou serviços. E isso pode afastar as pessoas. É preciso utilizar meios de tornar humana e simpática essa comunicação, de modo a conquistar mais clientes e criar laços com eles”, explica a assessora.

Durante a palestra, que contou com a participação de diferentes empreendedores da Inova Metrópole, a assessora aproveitou para abordar a importância e eficiência do e-mail marketing, além de debater sobre como elaborar uma lista de e-mails eficaz, como criar conteúdo e quais são as boas práticas aplicadas a esse meio de comunicação.

A oficina ainda contou com um momento prático, no qual os participantes escreveram um e-mail marketing sobre um tema específico, pondo em prática os conhecimentos adquiridos durante a apresentação.

No próximo encontro, Larissa Fernandes abordará o tema campanha de e-mail marketing, explicando quais as melhores políticas aplicadas a essa ferramenta.

Formação multiprofissional

A oficina de marketing faz parte de uma série formações e workshops promovidos todos os meses pela Inova Metrópole, que, por meio de seus assessores, capacitam empresários e conduzem palestras sobre diferentes assuntos.

Dentre os temas já abordados, encontram-se: relações de emprego e trabalho, estratégias de internacionalização de startups, planejamento estratégico, rotina financeira, entre outras.

Incubados e pré-incubados participam de oficina sobre relações de emprego e trabalho

13/06/2019 | Elis Lopes | INOVA


Dar início a um negócio exige que inúmeros fatores sejam considerados. Plano de negócio, administração financeira e gestão comunicacional, são alguns dos elementos fundamentais na estruturação de um empreendimento. Além destes, é importante lembrar das relações de emprego e trabalho, pois é por meio destas que empresas e colaboradores compreendem os seus direitos e deveres na relação trabalhista.

Pensando nisso, a Inova Metrópole realizou, na tarde desta quinta-feira (13), a oficina “Relações de emprego e trabalho e os impactos na organização”, ministrada pela administradora Léia Melo e direcionada às empresas inseridas nos programas de incubação e pré-incubação da Inova. O workshop é organizado pela equipe da Incubadora e faz parte do ciclo de oficinas de planejamento estratégico.

Durante a oficina, falou-se sobre as diversas questões relativas aos vínculos empregatícios, tais como as diferenças entre trabalho e emprego, as características de um empregador e as renovações de contrato. As mudanças levantadas pela reforma trabalhista também estiveram em pauta.

Além disso, Léia ofereceu dicas aos empreendedores a cerca dos aspectos fundamentais que devem ser levados em consideração ao dar início a um negócio. “O principal aspecto que o empreendedor deve atentar é de que deve-se ter segurança que seu negócio vai ser duradouro e estará dentro da legalidade. A primeira coisa que se deve pensar, no que diz respeito às questões trabalhistas, é conhecer qual é o negócio em que se está entrando, ou seja, quais são as obrigações trabalhistas para com o meu corpo colaborativo”, aponta a administradora.

Para finalizar o momento, a Léia abriu espaço para questionamentos particulares dos participantes, levando em consideração as especificidades de cada empresa presente.

Formada em administração, Léia Melo é especialista em gestão de pessoas e pós-graduada em direito do trabalho. Durante sua trajetória, sempre atuou em questões relacionadas à gestão de relações de trabalho. Atualmente é coordenadora do setor pessoal do Hospital Rio Grande.

Parque Metrópole será apresentado em audiência pública no Senado Federal

11/06/2019 | Ascom/IMD | EVENTO | EMPREENDEDORISMO


 

Para discutir e trazer visibilidade nacional às ações de empreendedorismo do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), o Parque Tecnológico participará, nesta quarta-feira (12), da audiência pública “Desenvolvimento Regional por Intermédio dos Parques Tecnológicos”, que acontecerá no Senado Federal, em Brasília (DF).

O encontro reunirá diversas entidades que se destacam na produção tecnológica nacional para uma série de amostras e debates, de modo a apresentar aos parlamentares a importância da inovação tecnológica no desenvolvimento econômico do país.

Para isso, além do Parque Tecnológico Metrópole Digital, foram convidadas instituições de grande representatividade no âmbito da tecnologia, como o Parque Científico e Tecnológico da Inova Unicamp (SP), Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), entre outras.

“A ideia é fazer com que essas iniciativas, que hoje são referência no país, possam dialogar entre si e mostrar aos parlamentares todos os benefícios sociais e econômicos gerados por elas”, explica o diretor adjunto do Parque Metrópole, Rodrigo Romão, que representará o IMD em Brasília.

Ele conta que a participação do Parque na audiência se dá, principalmente, pelo sucesso da instituição, alcançado em pouco tempo desde sua criação, já tendo 40 empresas credenciadas à sua estrutura.

“Somos um parque que credenciou um número considerável de empresas em pouco mais de um ano. Quando pesquisamos, não encontramos nenhuma outra organização que tenha atingido essa meta”, conta o diretor.

Políticas públicas

Iniciativa do senador Vanderlan Cardoso – presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) –, a audiência pública representa um primeiro passo para a criação de novas políticas que pautam o empreendedorismo tecnológico nacional.

Para Rodrigo Romão, essa iniciativa contribui para que sejam embasados novos projetos de lei ou emendas parlamentares que visem o desenvolvimento e fomento de ações como a dos parques tecnológicos, de modo a impactar a economia e transformar o cenário de produção científica no Brasil.

 

Anterior 1 ... 4 5 6 ... 164 Próximo