Notícias

Parque Tecnológico é apresentado a parlamentares em Brasília

26/04/2019 | ASCOM | EMPREENDEDORISMO | PARQUE TECNOLÓGICO | TECNOLOGIA


O diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, professor Anderson Paiva Cruz, se reuniu, nesta semana, com parlamentares e membros da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática, vinculada ao Senado Federal.

O intuito do encontro, que aconteceu em Brasília (DF), foi o de discutir e apresentar projetos de tecnologia e inovação vinculados ao Parque Metrópole, bem como trocar ideias e experiências sobre a importância desse tipo de investimento para a economia brasileira.

Estiveram presentes o ministro de Estado Marcos César Pontes, titular do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e representantes de diversos parques tecnológicos do Brasil.

“A proposta dessa reunião foi apresentar ao governo ações desenvolvidas nos parques tecnológicos que dizem respeito a áreas estratégicas para a economia nacional, como conhecimentos de cidades inteligentes, inteligência artificial, internet das coisas, entre outras”, conta Anderson Cruz.

Parlamentares do MCTIC demonstram interesse nesse tipo de ação e enfatizam sua importância para a produção e desenvolvimento sustentável no país. “Nós, do Instituto Metrópole Digital (IMD), produzimos conhecimento e tecnologias exatamente nesses setores estratégicos”, aponta o diretor do Parque Tecnológico.

Após os debates, Anderson Cruz ainda fez uma visita à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O encontro serviu para que o professor apresentasse o IMD e estreitasse os laços entre as duas instituições.

A reunião com parlamentares realizada nessa quarta-feira (24) foi uma prévia de futuros encontros, que, segundo o diretor, aproximarão ainda mais os parques tecnológicos de todo o Brasil com o governo federal, de modo que se promova apoio e fomento à inovação e desenvolvimento tecnológico no país.

Inovação nacional

O desenvolvimento tecnológico no Brasil tem sido enfatizado nos últimos anos. Segundo dados do da InovaData, vinculada à Universidade Federal de Viçosa (UFV), o país já conta com 60 parques tecnológicos espalhados em diversos Estados.

Além disso, 369 incubadoras de empresas estão espalhadas em todo o território nacional. Para Anderson Cruz, esses números refletem o crescente valor desse tipo de investimento, que agrega a economia do conhecimento aos modelos industriais adotados no Brasil.

De acordo com o diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, muito se fala sobre os riscos que a tecnologia pode trazer ao mercado de trabalho, como o desaparecimento de determinadas funções e profissões.

“No entanto, o que temos percebido é que essas empresas inovadoras trazem ao mercado uma oferta considerável de empregos. Prova disso é o aumento do número de startups nos últimos anos e quantas pessoas foram empregadas nesse tempo”, completa o diretor.