Notícias

Parque Tecnológico realiza evento para integrar pessoas e empresas de seu ecossistema de tecnologia

03/12/2018 | Ascom/IMD | EVENTO



Troca de experiências, conversa descontraída, comemoração, oportunidade de negócios: o evento Breja and Business, promovido pelo Parque Tecnológico Metrópole Digital na última sexta-feira (30), foi tudo isso e um pouco mais.

Ocorrido na área de eventos da Arena das Dunas, no Lounge Bossa Nova, o happy hour reuniu as empresas que já estão no Parque e 10 outras que estão sendo prospectadas para fazer parte de sua estrutura, além de marcas do varejo e do comércio potiguar.

“Nosso objetivo aqui é conectar grandes marcas de Natal com as grandes marcas do Parque Tecnológico, além de também ser, sobretudo, um evento de confraternização, que inclui os que fazem o Instituto Metrópole Digital”, contou o diretor do Parque, Anderson Paiva Cruz.

Ao falar sobre motivos para comemoração, ele lembrou, dentre outros, que o Parque já atingiu a marca de 31 empresas credenciadas, com apenas pouco mais de um ano de funcionamento. O diretor também fez questão de afirmar que o evento não seria possível sem o apoio de 14 empresas potiguares, além da própria Arena das Dunas e do Sebrae.

Diretor do Parque Tecnológico, Anderson Cruz destacou que um dos objetivos do evento foi conectar grandes marcas de Natal com grandes marcas do Parque

 

Descontração

Em clima de descontração, o Breja and Business teve música ao vivo, equipamentos de jogos como tênis de mesa e totó, buffet e muita conversa e comemoração. Em meio ao evento, Anderson Cruz fez uma fala de agradecimento aos apoiadores e empreendedores presentes.

Além disso, ele realizou uma homenagem aos membros da equipe do próprio Parque e do Instituto Metrópole Digital, chamando todos os que estavam no ao local para que se reunissem e recebessem uma salva de palmas pelo trabalho desenvolvido ao longo do ano.

Descontração, com música ao vivo e jogos, marcaram o clima de bate-papo e comemoração do happy hour 

 

Presente ao evento, o gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia do Sebrae-RN, João Bôsco Freire, ressaltou a parceria do órgão com o Parque Tecnológico: “Hoje o Sebrae é empolgado e feliz que com um ano o Parque já esteja consolidado, em função da quantidade de empresas que já tem”, afirmou ele.

O gerente do Sebrae ainda elogiou o happy hour. “De repente você tira as pessoas de um local tradicional e traz para cá, onde não tem palestra e o evento consiste em ir participando das rodas, conversando. E isso gera negócios, porque é conhecimento que está sendo trocado”.

Empreendedores

A forma de enxergar o evento de Bosco Freire é semelhante da de empreendedores que estiveram presentes, como foi o caso do representante da empresa Construtor Digital, Bruno Marinho.  “Aqui a gente pode conhecer boa parte das empresas, das caras que fazem parte do Parque e visualizar quem está ao redor de você”, avaliou ele.

Empresas e apoiadores foram essenciais para a realização e sucesso do Breja and Business

 

Já para o representante da Mix Internet, Eriko Batista, “o evento acaba promovendo uma conexão entre empresas que estão em diferentes fases e isso é positivo para a gente que necessita dessa troca de ideias, o que pode contribuir para o nosso ecossistema de tecnologia”, disse.

O diretor de tecnologia da startup Futebol Interativo, Airton Neto, também ressaltou a possibilidade de trocas de vivências que o Breja and Business proporcionou. “Ao mesmo tempo em que podemos obter experiência com quem já está mais consolidado, também podemos conversar e ajudar empresas que estão começando agora”, comemorou.