Notícias

Empresa incubada desenvolve marketplace para conectar técnicos de informática e usuários

09/10/2018 | Germano Freitas | INOVA



Criada para prestar serviços de TI para empresas, a EComp – Soluções em Tecnologia resolveu dar um passo à frente quando passou a desenvolver uma plataforma para atingir um público mais amplo, o usuário comum de informática. Foi assim que surgiu o seu serviço de marketplace, que objetiva conectar profissionais que oferecem assistência técnica a clientes individuais.

A nova plataforma em desenvolvimento pela Ecomp, no entanto, convive bem com sua principal atividade atualmente, que é a oferta, por meio de contratos empresariais, de um serviço que cuida de todas as necessidades de TI de uma empresa. Dessa forma, são realizados desde a aplicação e o gerenciamento de backups automáticos até a estruturação de redes de computadores.

Além disso, a Ecomp também presta o suporte contínuo a seus clientes, cuidando do funcionamento e da qualidade do serviço. E, apesar do contrato empresarial ser seu forte, suas atividades também abrangem o atendimento técnico de informática para clientes em geral, como é o caso de manutenção de dispositivos ou instalação remota de aplicações.

Assim, a empresa mantém uma economia saudável, tendo movimentado cerca de R$ 300 mil no ano passado e concluído 230 atendimentos nos últimos seis meses. Além disso, já cumpriu mais de 1100 ordens de serviços avulsos desde que ingressou na incubadora Inova Metrópole, em 2016. E também já firmou 33 contratos empresariais desde o seu surgimento, em 2015.

Marketplace

A plataforma em desenvolvimento pela empresa, que visa criar um marketplace que ligue clientes a técnicos de informática, é única no Rio Grande do Norte. Como os profissionais são aprovados por meio de cadastro, tem a vantagem de passar garantia e segurança aos clientes. Outra vantagem é a assistência remota, através de aplicação fornecida pela EComp para profissional e cliente.

Por hora, no entanto, a plataforma encontra-se desativada para que a empresa possa realizar aprimoramentos. A ideia é que passe a ser completamente automatizada, tanto para os clientes como para os técnicos. Mas o serviço não deixou de ser prestado, já que os clientes ainda podem procurar a Ecomp mesmo no caso de serviços mais simples e para pessoas físicas.

Hoje, a empresa com conta com 10 colaboradores - entre estagiários, técnicos, sócios e demais prestadores de serviço. Foi fundada por Francisco Queiroz e Lair Solano, ambos formados em Engenharia da Computação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A companhia foi uma iniciativa de Francisco, que planejava voltar a empreender, depois que teve um serviço informal de Tecnologia da Informação (TI) antes da graduação. Assim, juntou-se ao seu colega de turma e formou a sociedade atual.