Notícias

Apresentação sobre o IMD faz parte de encontro regional do Sesc

24/05/2018 | Ascom/IMD | INOVA | CIDADES INTELIGENTES | PARQUE TECNOLÓGICO



O Instituto Metrópole Digital (IMD) fez parte da programação de um encontro regional do Sesc nesta semana. Equipes de profissionais de quase todas as unidades do órgão no Nordeste vieram ao IMD na terça-feira (22) para assistir a uma apresentação sobre o que é e como funciona o Instituto e seus vários projetos e iniciativas.

O encontro do Sesc aconteceu nesta semana em Natal e reuniu os servidores que trabalham em um programa voltado para os Cursos de Valorização Social. “Tratam-se de cursos e oficinas para as pessoas desenvolverem sua cidadania e experimentar o aprendizado de alguma atividade produtiva, como design, moda, artesanato, maquiagem e corte e costura”, explica a gerente de assistência do Departamento Nacional do Sesc, Ana Cristina Barros.

Ana Cristina informou ainda que um dos objetivos do encontro é elaborar um plano de ação para aprimorar as atividades do programa. Segundo ela, a ideia é conhecer e discutir iniciativas e instituições que possam servir inspiração para o trabalho realizado pelo Sesc e, por isso, surgiu a ideia da visita ao IMD.

“Gostei muito do que foi apresentado, realmente é um trabalho totalmente inovador”, elogiou ela. A gerente do Sesc disse ainda que, dentre os vários temas e metodologias que lhe chamaram a atenção, esteve o trabalho desenvolvido por uma das empresas pré-incubadas da Inova Metrópole, a T3 Tecnologias Educacionais, que apresentou o projeto de uma plataforma de ensino à distância inclusivo para pessoas idosas.

Membros da T3 Tecnologias Educacionais apresentaram projeto de plataforma de ensino a distância para idosos

 

A apresentação da T3 Tecnologias Educacionais foi feita por dois membros da empresa, Henrique Granja e Cecília Borba. Já a apresentação geral a respeito do IMD e mais especificamente sobre o Parque Metrópole Digital e a incubadora Inova Metrópole foi feita pelo próprio diretor do Parque, Anderson Paiva Cruz.

O professor Frederico Lopes, por sua vez, fez uma exposição sobre o Programa Smart Metrópolis, coordenado por ele. O programa agrupa diversas iniciativas de pesquisa, tecnologia e inovação relacionadas ao tema de Cidades Inteligentes e já possui diversas tecnologias já implementadas em parceria com a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado.

Já a psicóloga Juliana Teixeira apresentou ao grupo o Programa Talento Metrópole, voltado para ofertar formação específica para jovens com altas habilidades ou superdotação no domínio da Tecnologia da Informação (TI).

A também psicóloga Giuliana Maria Gonçalves Avila explicou como funciona e quais os objetivos de um dos Projetos Estruturantes do Parque Tecnológico, intitulado Mais Comunidade, do qual ela é a gerente. O projeto discute e elabora um plano de ação de como o parque vai fazer para se integrar com a comunidade onde está se instalando.