Empresas

pré-incubada (10)

Vond.me

pré-incubada

Startup pré-incubada da Inova Metrópole lança marketplace para o comércio natalense Você já se viu na situação de precisar comprar algo e não saber onde procurar? Ou seu problema foi o oposto, tinha várias opções, mas não sabia qual a que oferecia o melhor preço ou produto? Foi a partir dessas necessidades que um grupo de jovens empreendedores criou a Vond.me, empresa que tem como objetivo possibilitar a compra e venda de produtos em lojas locais por meio de uma plataforma online. A plataforma foi lançada na última semana e já está em pleno funcionamento, podendo ser acessada gratuitamente mediante login. O ambiente virtual funciona como um marketplace no qual o consumidor pode pesquisar o produto que deseja encontrar, localizar as lojas mais próximas, verificar os valores e realizar a compra e pagamento do item. A Vond.me é uma empresa pré-incubada da Inova Metrópole, incubadora do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN). Busca Ao realizar uma busca por um determinado produto, a plataforma apresenta quais as lojas mais próximas, de acordo com a localização do cliente. Esse resultado se dá a partir das empresas credenciadas, sendo a Vond.me, portanto, o elo entre o vendedor e o consumidor. A plataforma também integra o pagamento seguro dos produtos, facilitando e dando agilidade ao processo de compra. “O pagamento é feito da forma comum na área digital: fecha-se o ‘carrinho’ do usuário, insere-se os dados do cartão e o processo é finalizado com a inserção dos outros dados solicitados”, explica o sócio encarregado pela área comercial da empresa, Pedro Vasconcelos. O diferencial do marketplace da Vond.me é o fato de estar centrado no comércio online local, evitando a concorrência das maiores plataformas digitais. No entanto, apesar de o foco primário estar na cidade do Natal, que já conta com dez lojas cadastradas, a plataforma é aberta nacionalmente. Além de Pedro Vasconcelos, também fazem parte da Vonde.me os alunos do Bacharelado em Tecnologia da Informação do IMD José da Costa e Philipe Henrique, este último sendo cofundador do empreendimento; e ainda o graduando em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do IFRN Victor Wagner. A plataforma pode ser acessada por meio deste endereço compre.vond.me.

WayABA

pré-incubada

WayABA desenvolve solução tecnológica para auxiliar no diagnóstico e tratamento do austimo A Análise do Comportamento Aplicada (tradução em português para a sigla ABA: Applied Behavior Analysis) é uma metodologia da Psicologia utilizada para compreensão do comportamento de pessoas, sobretudo crianças, diagnosticadas com espectro de autismo. Essa técnica, empregada por psicólogos e terapeutas, em breve ganhará um auxílio da tecnologia para melhorar sua eficiência.      Isso porque a startup WayABAs, empresa pré-incubada da Inova Metrópole, está em processo de desenvolvimento de uma solução tecnológica cujo objetivo é auxiliar o “caminho” dos profissionais que aplicam o método ABA.        A função central dessa plataforma será servir como um suporte para digitalização  das informações que são geradas pelo paciente durante a terapia, ou seja, permitir que o terapeuta possa arquivar as informações ainda durante a sessão, poupando seu tempo, além de agregar outras funções que auxiliem no processo terapêutico.   Diagnóstico Diferente de outras plataformas que já estão no mercado, a WayABA é uma solução elaborada exclusivamente para aqueles profissionais que utilizam o método ABA em suas rotinas e, para tanto, vai disponibilizar uma inteligência de dados que agregue aplicações tais como a geração de relatórios e gráficos que possam ajudar o terapeuta no diagnóstico do paciente. “O que a gente tem hoje no mercado são aplicações para digitalização de informações, e isso o nosso protótipo da WayABA já atende. A inteligência dos dados, que é no que estamos trabalhando, é o nosso grande diferencial. A geração de relatórios que descrevem os dados coletados, por exemplo, permitirão que o terapeuta possa tomar uma decisão a partir desses dados organizados”, explica o desenvolvedor da plataforma, David Cassemiro. Ele destaca que outra função específica é a capacidade da própria plataforma de analisar e comparar crianças com perfis parecidos e, a partir da identificação de um padrão, indicar ao terapeuta qual seria o melhor tratamento para aquele paciente. Cassemiro explica que essa sugestão dada pela plataforma seria baseada nos próprios dados armazenados ao longo de seu uso pelo terapeuta. Aceleração e Pré-incubação A ideia de desenvolver uma plataforma que abarcasse todas essas funções e economizasse tempo do terapeuta e do paciente surgiu a partir de uma observação prática de um dos sócios da WayABA, Assis Barbosa. Ao acompanhar o filho diagnosticado com espectro de autismo, ele percebeu, durante as sessões, que os terapeutas perdiam muito tempo com o preenchimento de fichas físicas e com a transposição dos conteúdo destas para uma planilha no computador. Com a ideia de desenvolver um dispositivo que auxiliasse nas atividades dos profissionais que utilizam o ABA, Assis, junto com os atuais sócios, submeteu a ideia ao Programa de Aceleração da Inova Metrópole, em agosto de 2018. Depois de seis meses de orientação e capacitação, o protótipo funcional da WayABA surge e, logo em seguida, a startup é aprovada no Programa de Pré-incubação da Inova Metrópole. Atualmente a WayABA está em fase desenvolvimento e testes, e a plataforma ainda não está disponibilizada no mercado. Interdisciplinar, a empresa tem uma sociedade formada pelos desenvolvedores Assis Barbosa e Manoel Dinabe, pelo engenheiro de produção David Cassemiro, responsável pela gestão de negócios da empresa, e pela psicóloga Adelma Prata. A plataforma está prevista para funcionar como um serviço por assinatura mensal, no qual o usuário pagaria uma taxa para cada paciente atendido, e poderá ser acessada por meio dos sistemas Android e IOS.